CARRINHO: 0 ITENS, 0.00€
€0.000 itens

50 Motos Portuguesas - Que Não Esquecemo

Novo Preço
Ano da Edição / Impressão / 2021
Número Páginas / 200
ISBN / 9789897227455
Editora / QUETZAL EDITORES
24.90
Antes €0
Poupa €0 (0%)
Disponibilidade/ Imediata
Prazo de entrega/ 2 a 3 dias úteis
Iva à taxa a vigor


50 Motos Portuguesas - Que Não Esquecemo - PEDRO PINTO


Uma lista arriscada e original: as cinquenta grandes motos concebidas e fabricadas em Portugal. Um registo para amantes de motos e da nostalgia portuguesa. Reconhecemo-las pelo ruído. Reconhecemo-las pelo efeito que provocam em nós, recordando um tempo de aventura, ousadia, criatividade e risco e também da juventude de várias gerações que as usavam para viajar, correr, trabalhar ou, pura e simplesmente, para passear e fugir à rotina. Essas motos eram o emblema dos que apreciavam tanto a velocidade como a lenta passagem do tempo, tal como a liberdade e o prazer de percorrer as estradas na mais completa solidão. Mas uma coisa as distinguia: eram desenhadas e fabricadas em Portugal, movimentavam uma indústria inventiva e arrojada que enfrentou vicissitudes e, com poucas exceções, não resistiu ao tempo mas resistiu ao esquecimento. São o objeto da nossa nostalgia. Algumas das motos escolhidas: Nacional 500; SIS-Sachs Lotus V5; SIS-Sachs Minor GT; R Soriano- Portuguesa; Rosengar Sport Turbo Jacto; Pachancho C-503; Motosal; Macal M70 Sport; Vilar Cucciolo; Famel XF17; Famel Foguete; Dori Gó Gó; EFS Nacional Sport; Cinal-Pachancho Himalaia 58; Casal Carina; Casal K276; Sachs Lebre; Casal K175.
N�o existem coment�rios.
Faça o seu comentário ao livro "50 Motos Portuguesas - Que Não Esquecemo", de PEDRO PINTO
COMENTAR